Nota Pública da Assessoria de Comunicação de Jaques Wagner (PT)


Segundo a Assessoria de Comunicação do candidato ao Senado Jaques Wagner (PT), a reportagem republicada pelo site “O Antagonista”, onde diz que ele, na época ministro do trabalho, defendia o fim do 13° salário, não passa de "fake news".

Confira:


O candidato a Senador Jaques Wagner (PT) condena a manipulação de declaração sua dada quando era Ministro do Trabalho e Emprego, há 15 anos, como se ele fosse a favor do fim do décimo terceiro salário para os trabalhadores. A Fake News produzida por um site conhecidamente de direita distorce informações para tentar confundir a opinião pública.
Uma simples leitura da matéria da Folha, de 08/05/2003, revela a opinião de Wagner: “Não se está falando em retirar direito dos trabalhadores”, disse o ministro à Folha Online. “Eu sou contra leilão de escravos, que é o oferecimento de trabalhadores cada vez mais desprotegidos e mais baratos.”
O que se discutia na época era uma forma de reduzir a informalidade. A proposta defendida pelo então ministro era que o valor do décimo terceiro pudesse ser incorporado ao salário, desde que negociado com os trabalhadores. Wagner tem um histórico de defesa dos direitos dos trabalhadores, seja como sindicalista ou como gestor público. Tentar criar fatos que digam o contrário é desonesto e algo que não pode ser tolerável no processo eleitoral.
Tecnologia do Blogger.