Confiança é tudo: Scania, Hyundai, GM, Carrefour e Honda anunciam investimentos no Brasil


Esquerdinhas da ala folclórica saem às ruas sem pauta, atrapalhando o trânsito e torrando o saco dos cidadãos que trabalham.

Inconformados em perder o que consideravam sua propriedade, o domínio das ruas - como ficou claro no último domingo - conclamam mortadelas para carregar em vias públicas faixas reivindicando seja o que for, como verbas para educação (já não vimos isto?).

Na verdade, é só um pretexto para seu verdadeiro grito: ‘lula livre’. Ou a defesa da volta do atraso e da roubalheira, justamente o que levou o homenzinho de Garanhuns para detrás das grades.

Enquanto isso, o governo de Bolsonaro luta para tirar o país do atoleiro gerado justamente pelos desgovernos dos próprios esquerdinhas, especialmente o da desgovernada e incompetente laranja de Lula, Dilma Roussef.

Bolsonaro anunciou nesta quinta-feira (30) investimentos nas últimas semanas das seguintes empresas:

Scania, 1 bilhão e 400 milhões, em São Bernardo.

General Motors, 10 bilhões, em São Paulo.

Hyundai, 125 milhões, em Piracicaba.

Carrefour, 2 bilhões, em todo o país.

Honda, 500 milhões em Manaus.

E reafirmou o esforço nas tratativas com a China para o fornecimento de carne para o país, que passa por uma série crise de abastecimento.

Confiança é a palavra chave, e o cerne dessa questão. Em qualquer relacionamento ou governo, é o que vale. E o governo de Bolsonaro vai, aos poucos, conquistando essa confiança. Erros haverão, com certeza.

Mas nada parecido com o da esquerda brasileira, hoje desesperada e perdida nas ruas sem saber o que dizer.

Mas, aos 'estudantes’ de IPhone e socialistas performáticos rueiros, podemos hoje mandar um recadinho:Perdeu, playboy!
Tecnologia do Blogger.