Em Serrinha, homem é preso após comprar carga de produtos agrícolas com documento falso

Foto: Divulgação / Polícia Civil

A Polícia Civil (PC) de Serrinha, através do Serviço de Inteligência (SI) da 15ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin), prendeu, na tarde de sexta-feira (27), um homem suspeito de comprar produtos agrícolas utilizando documento falso. A mercadoria foi adquirida de uma empresa localizada na cidade de Luiz Eduardo Magalhães, a 915 km de Serrinha.

Com o acusado, identificado como Roberto dos Anjos Soares, a polícia encontrou um RG falsificado em nome de Alex Silva Santos. A prisão do suspeito só foi possível porque o proprietário da empresa desconfiou da demora do destinatário em receber a mercadoria e acionou a Polícia Civil. "O denunciante solicitou auxílio a fim de verificar o motivo do rastreamento de entregas indicar que o veículo estava há muito tempo parado", explicou a polícia em nota.

A ação policial, que ocorreu nas proximidades do posto de combustível Alto Sereno, em Serrinha, foi comandada pelos delegados Mozart Cavalcante de Oliveira, coordenador regional da 15ª Coorpin, e Hidelbrando Alves da Silva, responsável pela Delegacia Territorial (DT/Serrinha), e contou com o apoio de equipes das cidades de Barrocas, Retirolândia e Valente.

De acordo com a polícia, ao ser questionado, Roberto revelou que teria recebido uma quantia em dinheiro para praticar o golpe. "Ele informou que uma pessoa [não identificada] pediu sua foto e confeccionou um RG com dados de Alex Silva Santos, tendo esta pessoa lhe ofertado a quantia de R$ 200,00 para se passar por Alex e recepcionar a mercadoria", informou a PC.

A polícia informou que ele já tem passagem pelo mesmo crime nas cidades de Itapetinga e Teixeira de Freitas. Ainda em Luiz Eduardo Magalhães, segundo a PC, Roberto é suspeito de adquirir ferramentas e maquinas agrícolas de forma fraudulenta, e o prejuízo soma aproximadamente R$ 70 mil.

Diante dos fatos, o suspeito foi conduzido à delegacia. Na unidade, teve a prisão em flagrante ratificada pelo delegado plantonista Plínio Monteiro da Mota.


Fonte: Portal Cleriston Silva
Tecnologia do Blogger.