Homem mata esposa grávida com lâmina de barbear; ele não aceitava gravidez

Foto: Reprodução / Facebook

Um homem, identificado como Marcelo Augusto Araújo, confessou ter matado a esposa e maquiadora, Francine Rigo dos Santos, na noite da última segunda-feira (23) com uma lâmina de barbear. O caso ocorreu em Várzea Paulista a 53 quilômetros de São Paulo. Os dois estavam casados há três meses e mostravam ser um casal feliz.

Segundo informações da polícia, Marcos teria arquitetado todo o crime. Ele teria escrito uma carta em uma rede social para que a família acreditasse em duplo suicídio e alterou toda a cena do crime. Após matar a esposa, Marcos tentou se matar com cortes no pescoço e nos pulsos. Francine não atendia mais as ligações dos parentes. Desconfiados, eles foram até a casa da jovem, arrombaram a porta e a encontraram morta do sofá. A motivação do assassinato seria uma possível gravidez e reprovação da família sobre o casamento dos dois.

Em depoimento, Marcelo confessou ter matado Francine com uma lâmina de barbear e de ter escrito a carta forjando os suicídios. O criminoso responderá por feminicídio com agravante de ocultação de cadáver e motivo fútil, podendo ser condenado de 12 a 30 anos.
Confira a suposta carta:
“oi, gente tenho um desabafo a fazer sobre meu casamento: sinto muito lhes dizer que não aguento mais toda pressão psicológica que minha familia e a do Ma fez contra nossa união. Não somos tão perfeitos, mas sentimos algo ao nos casar que não sabemos explicar. Talvez o fato de sermos melhores amigos ajudou bastante nossa união porque a gente é bem apegado. Ele fez eu sentir algo que ninguém mais fez, mas mesmo assim não é a mesma coisa se a familia não aceita porque queriamos todos próximos. Fingimos que nao sofremos mas já foi demais tudo isso pra mim e pro Ma. Queremos paz, e nosso casamento será eterno. O Natal não é o mesmo sem todos juntos.”, escreveu Marcos em uma rede social de Francine.



Tecnologia do Blogger.