Bolsonaro orientou Regina Duarte a não liberar verba para projetos ligados a bandeiras de esquerda

Foto: Reprodução / Instagram

Em sua primeira reunião com a atriz Regina Duarte, convidada para assumir a Secretaria de Cultura, o presidente Jair Bolsonaro orientou que Regina não liberasse um centavo sequer para projetos ligados a bandeiras de esquerda.
De acordo com o colunista Lauro Jardim, do jornal O Globo, Bolsonaro exigiu ainda que o mesmo acontecesse com as pautas relacionados a temáticas LGBTQIA+ e de diversidade.
Em 2019, Bolsonaro vetou um comercial do Banco do Brasil afirmando que “a linha publicitária do banco havia mudado” e que era necessário “respeito à família”. O comercial vetado, que ficou cerca de 15 dias no ar, tinha presença de muitos atores com tatuagens e cabelos coloridos, além de uma personagem transexual. Na época, o banco alegou a “falta de diversidade de perfis de jovens brasileiros”.
Tecnologia do Blogger.