Prefeito Adriano Lima concede entrevista na Rádio Continental


O prefeito Adriano Lima esteve hoje (18/02) no programa de Clériston Silva, na Rádio Continental. Durante uma hora ele respondeu várias perguntas feitas pelo apresentador e também pelo radialista Clodoaldo Marques.

Munido de farta documentação, o prefeito mostrou que as acusações feitas pelo deputado Osni Cardoso são todas sem fundamento. “Contra fatos não há argumentos. Estou aqui mostrando a documentação sobre as irregularidades cometidas na gestão dele. Não sou eu quem fica divulgando mentiras. Ele fala muito mas não apresenta nenhuma prova”, afirmou.

O prefeito aproveitou para esclarecer algumas questões como a UPA fechada. “O local tinha gato de energia, uma bomba que não mantinha a circulação de água no local. O próprio Amando da TV Eventos passou mal no dia da entrega da UPA e não pôde ser atendido no local porque não existia estrutura de atendimento”, lembrou.
Ele também ressaltou que a piscina semiolímpica era uma obra que deveria ter sido executada em quatro meses, de julho a novembro de 2010.

Depois de cinco anos sem conclusão, a obra foi embargada e entrou em tomada de conta especial em janeiro de 2015. “Isso significa que foram encontradas irregularidades e por consequência o ex-prefeito não poderia mais mexer na obra. Por isso mesmo ele não pôde fazer nenhuma inauguração. Fez uma visita em 2016 e tirou uma foto para enganar a população”, afirmou. O caso está aguardando o desdobramento na parte jurídica.

Adriano Lima também anunciou boas notícias como o lançamento esta semana do edital para concurso da Prefeitura, a continuidade da reforma do estádio e o alcance de 92% de cobertura da Atenção Básica na área de Saúde.

Fonte: ASCOM
Tecnologia do Blogger.