“Era um menino muito bom”, diz tia de soldado do Exército assassinado em Salvador

Foto: Reprodução / Redes Sociais

Os familiares do soldado do exército, identificado como Fernando Guardiano, 20, que foi torturado e assassinado concederam uma entrevista na manhã desta segunda-feira (9) no programa do Balanço Geral, na Record TV, para falar sobre caso. O corpo da vítima foi encontrado pelo Corpo de Bombeiros nesta segunda-feira (9).
Sem se identificar, uma tia do jovem informou que ele era muito querido pela família e que a morte do rapaz foi algo inesperado. “Ele era uma pessoa de boa convivência, graças a Deus nossa família é bem unida. Quando fazíamos festas era a maior resenha, aquela coisa toda. Era um menino muito bom, ninguém tinha o que reclamar, nem aqui onde moro, na Tancredo Neves, nem na Fazenda Grande, onde moram os pais dele. Então, a nossa ficha ainda não caiu e estamos tentando nos manter, a todo custo, fortes”, declarou.
Ainda nesta manhã, o Corpo de Bombeiro divulgou um vídeo informando sobre a localização de um cadáver na Lagoa da Pedreira, no bairro do Cabula. O Departamento de Polícia Técnica foi acionado para confirmar a identidade da vítima.
O crime
Dois soldados da Polícia do Exército Brasileiro foram surpreendidos por três criminosos na madrugada deste domingo (8), em Timbalada, no bairro do Cabula, em Salvador. Uma das vítimas ficou ferida, já a outra segue desaparecida.
De acordo com relatos do soldado que escapou, o caso aconteceu por volta das 2h, quando ele levava o amigo para casa após uma festa na Estrada das Barreiras. Segundo ele, os três, que estavam armados, possuíam ligação com o tráfico e teriam confundido as vítimas com traficantes de uma facção rival.
Os criminosos deram várias coronhadas e levaram a dupla para uma lagoa, onde efetuaram quatro disparos, atingindo uma das vítimas. Não se sabe o colega que estava com ele também foi baleado.
O sobrevivente saiu da lagoa ao amanhecer e acionou policiais militares da 23ª CIPM (Narandiba). Nesse momento, ele percebeu que o amigo não estava no local. Uma guarnição isolou a área e o Corpo de Bombeiros foi acionado para realizar as buscas pelo soldado desaparecido. O caso já está sendo investigado.
Tecnologia do Blogger.