'Homem que decide a economia no Brasil é um só: Paulo Guedes', diz Bolsonaro

Foto : Marcello Casal Jr. / Agência Brasil

O presidente Jair Bolsonaro afirmou hoje (27), em uma entrevista coletiva na saída do Palácio da Alvorada, que o "homem que decide a economia" no Brasil é o ministro da Economia, Paulo Guedes.
Segundo o G1, a declaração foi dada pelo presidente na saída de uma reunião que teve a presença de Guedes, da ministra da Agricultura, Tereza Cristina, do ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas e do presidente do Banco Central, Roberto Campos Netto. Os ministros estavam ao lado de Bolsonaro na coletiva.
"Acabei mais uma reunião aqui tratando de economia. E o homem que decide a economia no Brasil é um só: chama-se Paulo Guedes. Ele nos dá o norte, nos dá recomendações e o que nós realmente devemos seguir”, disse Bolsonaro.
Guedes afirmou que o  governo segue firme em sua política econômica de responsabilidade fiscal e que os gastos públicos extraordinários feitos devido à crise do coronavírus são uma "exceção" na condução da política econômica.
"Queremos reafirmar a todos que acreditam na política econômica que ela ainda é a mesma política econômica", ressaltou Guedes. “Quando há um problema, como de saúde, o presidente fala: ‘Olha, vamos para um programa de exceção'", explicou.
Na semana passada, sem a presença de membros da equipe econômica, o governo apresentou o programa Pró-Brasil, com medidas para injetar dinheiro na economia e amenizar o impacto da queda da atividade causada pela pandemia do coronavírus. A iniciativa estabelece medidas que envolvem basicamente aumento dos gastos públicos e ação do Estado, o contrário do modelo liberal defendido por Guedes.
Tecnologia do Blogger.