“Na semana que vem, se não começar volta ao emprego, vou tomar decisão”, afirma Bolsonaro

Foto: reprodução/Agência Brasil

O presidente Jair Bolsonaro afirmou que as questões do “vírus e desemprego não podem ser tratadas de forma dissociada” no Brasil e defendeu o afrouxamento das regras de quarentena.

Segundo o presidente, se a partir da próxima semana “não começar a voltar o emprego, vou ter de tomar uma decisão”, disse Bolsonaro em entrevista á radio Jovem Pan.

“Eu tenho um projeto de decreto pronto para ser assinado, se for preciso, que considera como atividade essencial toda aquela indispensável para levar o pão para casa todo dia”, afirmou.
Bolsonaro disse que em “numa canetada”, pode resolver a volta ao trabalho dos comerciantes que, segundo o presidente, “levaram uma paulada no meio da testa com as medidas tomadas por alguns governadores”.
Tecnologia do Blogger.