Valeixo diz que Bolsonaro queria no comando da PF alguém com quem tivesse 'afinidade'

Foto : Agência Brasil

O ex-diretor-geral da Polícia Federal Maurício Valeixo afirmou em seu depoimento ontem (11) que o presidente Jair Bolosonaro disse a ele que queria ter, no comando da PF, alguém com quem tivesse "mais afinidade", de acordo com a TV Globo.
Valeixo é ouvido pelos investigadores que atuam no inquérito que apura suposta interferência política de Bolsonaro na PF.
O inquérito foi aberto pela Procuradoria-Geral da República (PGR), com autorização do Supremo Tribunal Federal (STF), depois que o ex-ministro da Justiça Sergio Moro pediu demissão do cargo, em 24 de abril — o caso está sob relatoria do ministro Celso de Mello. Moro, que deixou o cargo após Bolsonaro exonerar Veleixo, alegou que não via motivo razoável para a troca no comando da PF.
Tecnologia do Blogger.