Você sabia? Deficiência de vitamina D aumenta o risco de morte por Covid-19

Imagem: Divulgação

A deficiência de vitamina D no corpo está relacionada a uma maior mortalidade por Covid-19. A conclusão foi feita a partir de um estudo de casos de vários países em pesquisa conduzida pela Universidade Northwestern, dos Estados Unidos.

Os pesquisadores reuniram dados de hospitais da China, França, Alemanha, Itália, Irã, Coreia do Sul, Espanha, Suíça, Reino Unido e dos Estados Unidos e descobriram que pacientes de países com altas taxas de mortalidades tinham níveis baixos de vitamina D comparados aos que não foram afetados tão drasticamente.

O estudo faz um alerta: isso não significa que os afetados precisam começar a ingerir suplementos de vitamina D. “Embora seja importante que as pessoas saibam que a deficiência de vitamina D pode ter um papel na mortalidade, não precisamos empurrá-la para todos.

A partir das análises dos pacientes, os pesquisadores descobriram uma forte correlação entre os níveis de vitamina D e a “tempestade de citocinas”, uma condição inflamatória grave causada pelo sistema imunológico. A hiper reação pode danificar gravemente os pulmões e levar à morte por asfixia.

A vitamina D tem um papel importante tanto para melhorar um sistema imunológico que não responde bem à doença, quanto para evitar que ele se torne hiperativo e cause a “tempestade de citocinas”.

Não se automedique: procure um médico.

Por: Dr. Ronaldo Viola
Tecnologia do Blogger.