Covid-19: Governo e prefeitura apresentam protocolo de reabertura da economia

Foto montagem: AP

O governador Rui Costa e o prefeito ACM Neto anunciaram na manhã de hoje (7) uma série de medidas preventivas para garantir a retomada de algumas atividades econômicas, em fases e etapas distintas. O ponto central é a adoção de rígidos protocolos de segurança para evitar a disseminação de casos do novo coronavírus.

Uma das condições preponderantes é a associação do funcionamento às taxas de ocupação dos leitos de UTI abaixo de 75% durante cinco dias, de acordo com o setor que voltar a abrir as portas. Educação, esportes e praias terão regras diferenciadas a serem divulgadas posteriormente. Também foram anunciados novos 75 leitos de UTI e 350 clínicos em Salvador, sob nova regras de internação para pacientes com desconforto respiratório e indicação médica.

Condicionantes de reabertura

1) Princípio de preservar a vida
2) Critérios técnicos e científicos
3) Retomada gradual e progressiva
4) Equilíbrio entre riscos e impactos
5) Protocolos gerais e específicos
6) Transparência e diálogo
7) Proteção social, principalmente à população mais vulnerável
8) Monitoramento para tomada de decisões e revisão de medidas

Fase 1 - Taxas de Ocupação de UTI abaixo de 75%
Shopping Center e similares - Segunda a sábado, de 12h Às 20h
Comércio de Rua com mais de 200m2 - Segunda a sábado, de 10h às 16h
Templos e igrejas - Diariamente, de 10h Às 20h e domingos livre
Drive in - Autorização prévia e protocolos específicos

Fase 2- Taxas de Ocupação de UTI abaixo de 70%
Academias - Protocolos específicos
Salões de Beleza, barbearias e afins - Protocolos específicos
Bares,  restaurantes e afins - Protocolos específicos

Fase 3 - Taxas de Ocupação de UTI abaixo de 60%
Parques - Protocolos específicos
Entretenimento - Protocolos específicos
Clubes - Protocolos específicos
Centros de eventos e convenções - Protocolos específicos.

Fonte: ASCOM/GOVBA
Tecnologia do Blogger.