Slash: Ele se desculpou em carta à namorada por sua obsessão pela guitarra

Foto: Reprodução/Whiplash

SAUL HUDSON - também conhecido como SLASH, o guitarrista do GUNS N' ROSES - sempre foi obsessivo por guitarras, tanto que, quando tinha 14 anos, escreveu uma carta manuscrita para sua então namorada, desculpando-se por passar uma quantidade enorme de tempo com sua companheira de seis cordas, a ponto de negligenciá-la.

SLASH tinha acabado de se apaixonar pela guitarra depois de decidir formar uma banda com seu amigo STEVEN ADLER. Como muitas outras bandas adolescentes, isso nunca se tornou realidade, mas uma coisa boa saiu disso, o que levou SLASH a aprender tocar um instrumento. Como Adler já havia se auto designado guitarrista, ele decidiu optar pelo contrabaixo como sua próxima melhor opção de instrumento a ser tocado.

Entretanto, o caso de amor do músico com o contrabaixo não durou muito, e já em sua primeira aula com ROBERT WOLIN, um professor de música da "Fairfax Music School", ele mudou do contrabaixo para a guitarra. Depois de ouvir Wolin tocar "Brown Sugar" dos THE ROLLING STONES, ele imediatamente "ficou de quatro" pelo instrumento. SLASH declarou: "Quando eu o ouvi tocando disse: 'É isso que eu quero fazer'."

Mesmo desde muito jovem, SLASH nunca foi de fazer coisas pela metade. Ele foi um piloto campeão de BMX, mas deixou o motociclismo de lado para se dedicar a tocar guitarra, praticando até 12 horas por dia - um grande aborrecimento para sua namorada na época, que levou ao fim do relacionamento deles, pois ele não conseguia encontrar tempo para seus dois amores.
Leia a transcrição e confira a carta ilustrada manuscrita que ele escreveu para sua ex-namorada se desculpando por sua obsessão com o guitarra, que causou o rompimento do casal.

"Terça-feira, 2 de outubro de 1979

Querida Michele,

Sua carta me assustou, à primeira vista, eu não tinha ideia do que se tratava, mas quando você me disse, me pareceu uma forma estranha, eu não tinha ideia que falei sobre minha guitarra tantas vezes, vou ter que mudar isso, não importa com quem eu fale.
É uma pena que isso estragou nosso relacionamento, você deveria ter me contado antes, mas não acho que isso seja a única razão, você simplesmente não gosta tanto de mim, e posso ver por quê, porque sou um pessoa difícil de se conviver às vezes.

Mas estou feliz por termos nos entendido bem, obrigado por não mentir para mim. Para sair do assunto, você está muito bem hoje, e fica mais bonita e mais bonita a cada dia. Meu fim de semana foi muito bom. Steven veio e fomos a algumas festas e ao ‘Starwood’ (uma rede de hotéis dos EUA). Passei quase todo o meu fim de semana na ‘cloud 9’ (uma gíria que significa algo como ‘estar nas nuvens’), se é que você me entende.

Eu nunca tinha estado na ‘Starwood’ antes, tipo, nós ficamos do lado de fora, mas eu nunca estive dentro. Não é um lugar tão quente, quer dizer, as bandas tocam bem, as garotas são bonitas [ainda acho você mais bonita do que qualquer uma das garotas de lá], as drogas são legais, mas não é um lugar no qual eu gostaria de perder minha vida. A parte mais emocionante da noite foi quando um cara falou com outro cara negro, e o negro fez uma centena de amigos que o seguiram por toda Hollywood. É um lugar bem louco. Vou lá na próxima semana para assistir a banda QUIET RIOT, porque já ouvi falar muito bem deles. Um dia desses, ainda vou tocar lá.

Te amo,

Saul.

HAVE A NICE DAY

Esta folha estava perfeita até que eu coloquei a porra dessas palavras nela".

Uma cópia digital da carta de SLASH escrita para namorada em 1979, pode ser vista abaixo.


FONTE: Far Out Magazine
Tecnologia do Blogger.