Ministério da Saúde deve lançar campanha sobre vacina contra Covid em dezembro

Foto: reprodução/GOVBR

 O Ministério da Saúde anunciou nesta quinta-feira (19) que pretende lançar ainda em dezembro deste ano uma campanha "para dar segurança à população" sobre a eficácia de vacinas que podem ser usadas pela pasta contra a Covid-19 no futuro.

Segundo o secretário de vigilância em saúde, Arnaldo Correia, o objetivo da estratégia é informar sobre o processo de produção e aprovação de vacinas. A medida ocorre num momento de queda da adesão à vacinação contra a Covid-19, como mostrou pesquisa Datafolha realizada com eleitores de São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte e Recife no início de novembro. O apoio à imunização obrigatória também caiu nesses locais.

Declarações frequentes do presidente Jair Bolsonaro que levantam dúvidas sobre a segurança e a obrigatoriedade das vacinas também têm sido vistas com preocupação por especialistas devido ao efeito que podem causar.

De acordo com Correia, a campanha de dezembro deve ser apenas a primeira etapa. A segunda deve ocorrer assim que houver a definição do total de doses, datas de oferta e população a ser vacinada.

"Esse ministério tem um compromisso sério com a população brasileira de só vacinarmos quando tivermos certeza de que estamos diante de uma vacina registrada com garantia de eficácia", disse ele. "Até termos essa vacina, cabe a cada um de nós brasileiros mantermos essa orientação [de medidas de prevenção] porque ainda estamos vivendo esse processo pandêmico."

Uma análise preliminar feita pelo ministério aponta idosos, pessoas com doenças associadas e profissionais de saúde como os possíveis públicos prioritários para iniciar a vacinação. A definição, porém, vai depender do perfil das vacinas que forem aprovadas, segundo o secretário.

Tecnologia do Blogger.