Violência doméstica; ameaça de morte... Confira as ocorrências policiais da região

DISEP - Serrinha / Foto: Reprodução

 VIOLÊNCIA DOMÉSTICA EM SANTALUZ

Por volta das 14h40 do dia 18 de dezembro, a guarnição que serve à comunidade de Santaluz foi acionada através do CICOM para atender a uma situação de violência doméstica, no bairro Castro Alves; no local, foi verificado que as supostas vítimas são mãe, 59 anos, e irmã, 35 anos, que é deficiente física, do acusado, um homem de 37 anos que as teria agredido se utilizando de um garfo, com o qual machucou os braços das vítimas. O acusado foi apresentado na Delegacia de Polícia onde foi registrado fato e confeccionado flagrante por Maria da Penha.

AGRESSÃO E AMEAÇA DE MORTE EM SANTALUZ

Por volta das 20h30 do dia 20 de dezembro, a guarnição que serve à comunidade de Santaluz foi solicitada por uma mulher que afirmou ter sido vítima de ameaça e agressão por seu companheiro. Segundo a suposta vítima, uma mulher de 31 anos, ela e o companheiro, um homem de 41 anos, estavam num bar onde o acusado jogava baralho e ela fez uma crítica por causa das apostas, sendo reprimida por ele, que a empurrou na parede, desferindo dois socos na região torácica e mandando que subisse na moto, seguindo para um local onde a ameaçou de morte, dizendo que iria amarrá-la em um mandacaru e dar uma surra. Quando a vítima desceu da moto e correu para um local de onde ligou para a viatura, antes que os policiais chegassem ao local, o acusado ainda jogou uma marreta contra a mulher e evadiu. Os policiais levaram a vítima para sua residência, fizeram rondas em busca do acusado, que não foi encontrado, e orientaram a suposta vítima a registrar queixa crime na Delegacia de Polícia no dia seguinte.

BRIGA FAMILIAR EM BIRITINGA 

Por volta das 22h30 do dia 20 de dezembro, a guarnição que serve à comunidade de Biritinga foi informada via Cicom/Serrinha que havia ocorrido uma desinteligência familiar no Centro da cidade; a guarnição chegou ao local, manteve contato com os envolvidos, sendo o suposto autor um homem de 49 anos e supostas vítimas, um homem de 44 e outro de 19 anos, conduzidos à Delegacia de Polícia de Serrinha, para adoção das medidas cabíveis.

AMEAÇA DE MORTE EM BARROCAS

Por volta das 15h50 do dia 20 de dezembro, a guarnição que serve à comunidade de Barrocas foi solicitada via telefone por um preposto da Guarda Municipal, que informou que um homem de 18 anos estava em posse de uma arma de fogo ameaçando várias pessoas no povoado Malhada Redonda. A guarnição, imediatamente, deslocou-se até o  local e manteve contato com a suposta vítima, uma mulher de 47 anos, que relatou que  o acusado estava bebendo com todos  que estavam no seu recinto e que  muitas daquelas pessoas até mandaram cozinhar uma galinha para o homem, que repentinamente se revoltou e não quis pagar a despesas da cerveja que foram consumidas. Houve uma discussão onde o acusado teria puxado  um revólver, segundo a suposta vítima, de cal. 22, que ele já havia exibido anteriormente na comunidade, e começou a ameaçar várias pessoas que estavam no local e, ao evadir-se,  fez um disparo. A guarnição fez diligências tentando encontrar o acusado, mas não obteve êxito. A suposta vítima foi orientada a prestar queixa  na Delegacia para adoção das medidas cabíveis.

PORTE ILEGAL DE ARMA EM TEOFILÂNDIA 

Por volta das 17h30 do dia 19 de dezembro, o Cicom informou que no povoado do Barreiro, em Teofilândia, próximo a uma quadra, um homem, trajando camisa branca, estava em posse de uma arma de fogo. No local, foi feita abordagem ao suspeito e a arma foi encontrada em sua cintura. A arma e o homem, de 22 anos, foram apresentados na Delegacia de Polícia de Serrinha, para adoção das medidas cabíveis. 

TRÁFICO DE DROGAS EM SANTA BARBÁRA 

Por volta das 21h do dia 18 de dezembro, quando a guarnição da Ceto estava em rondas no bairro Matadouro Velho, na cidade de Santa Bárbara, um homem, ao avistar a viatura, tentou evadir do local; foi dada a voz de parada e, ainda na tentativa fuga, o suspeito, de 20 anos, dispensou um saco plástico; logo após a busca pessoal foi verificado que no saco continha 39 pedras de substância análoga a crack, dois saquinhos com substância análoga a cocaína, uma trouxinha de substância análoga a maconha e R$ 9,00. Após apurados os fatos, a guarnição se deslocou para a Delegacia de Polícia em Serrinha para apresentar o homem e o material encontrado, a fim de que fossem adotadas as medidas cabíveis.

Fonte: 16° BPM/ASCOM

Tecnologia do Blogger.