Casos suspeitos da nova e perigosa variante da covid-19 investigados em Feira de Santana

Foto: Reprodução

 As autoridades médicas em Feira de Santana analisam casos suspeitos da nova variante da covid-19, que teve casos manifestados no Amazonas, Reino Unido e África do Sul. As análises estão sendo realizadas na Universidade Federal da Bahia (UFBa).

De acordo com a dra. Melissa Falcão, infectologista e coordenadora do Comitê Gestor contra Covid-19 em Feira de Santana, o que existe são casos suspeitos, com sintomas semelhantes, mas nada confirmado, ainda.

Outro ponto destacado durante a coletiva online com a imprensa, na manhã desta quarta-feira (27), é o grande número de jovens contaminados com covid-19, que ficam em estado grave, com insuficiência respiratória.

Material já foi coletado de algumas destas pessoas infectadas e encaminhado a um especialista na UFBa para análise. Não foi informado o número de casos suspeitos sendo analisados.

A cepa amazônica do novo coronavírus foi registrada pela primeira vez no Japão em viajantes que chegaram ao país asiático no começo de janeiro, após uma temporada no Norte do Brasil. Poucos dias depois, ela foi sequenciada pelo próprio governo brasileiro. Apesar das informações escassas até o momento, a mutação ligou um sinal de alerta em países como o Reino Unido, que proibiu a entrada de voos do Brasil, de outros países da América Latina e até mesmo de Portugal para evitar o maior contágio.

Amostras da variante encontrada no Amazonas foram enviadas para a Universidade de Oxford, que deve analisar grau de contaminação e agressividade da cepa.

Tecnologia do Blogger.