Ministério da Saúde pretende importar 10 milhões de doses da Sputnik V

Foto: Divulgação

 O secretário-executivo do Ministério da Saúde, Elcio Franco, anunciou na última sexta-feira (5) que pretende comprar 10 milhões da vacina contra a Covid-19, Sputnik V, importadas da Rússia. A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), no entanto, ainda precisa liberar o uso emergencial da vacina. 

O governo disse também que o preço precisa ser "competitivo". A farmacêutica União Química, empresa que produzirá a vacina russa no Brasil, informou que aguarda a resposta da Anvisa para para importar o primeiro lote com os 10 milhões de doses já em fevereiro.

O ministério informou ainda que, num momento posterior, pretende comprar doses da Sputnik V fabricadas pela União Química em território nacional.

Tecnologia do Blogger.