Família desenterra corpo de criança após ‘revelação’ de pastor

Foto: Reprodução/Redes Sociais

 Um vídeo de pessoas carregando um caixão de uma criança afirmando que ela teria sido enterrada viva circulou nos grupos de WhatsApp e chamou atenção dos baianos. O caso aconteceu na zona rural do município de Itaetê, na Chapada Diamantina, na quinta-feira (25), no povoado de Colônia.

De acordo com Jornal da Chapada, os pais da criança de uma ano e dez meses contaram que um pastor, da igreja que frequentam, ligou para eles, horas depois do enterro, afirmando que tinha tido uma visão de que a criança foi sepultada viva.

Após “visão” do pastor, os pais correram até o cemitério, tiraram o corpo do local e procuraram ajuda médica nos hospitais da região, que afirmaram que a filha do casal não tinha sinais vitais, que estava morta.

“Conversei com minha prima agora. Tiraram a criança do caixão, a criança está deitada no sofá, a criança está apertando a mão das pessoas, as pessoas seguraram na mão da criança ela aperta, o coraçãozinho da criança está batendo, as vezes para e as vezes volta e a situação é uma coisa que nunca aconteceu antes”, relata uma moradora ao Jornal da Chapada.

No entanto, após da confirmação do óbito da criança, os pai dela, Gerson Nevis, acredita que a filha foi enterrada viva e morreu por falta de atendimento.

A prefeitura do município divulgou uma nota comentando sobre o ocorrido. De acordo com gestão municipal, “a criança chegou a unidade hospitalar sem sinais vitais, sendo assistida prontamente pela equipe que tentou incansavelmente reanimá-la por mais de 30 minutos seguindo as manobras de reanimação cardiopulmonar”. Mas, infelizmente, não respondeu aos procedimentos realizados, constatando assim o óbito da menor.

Tecnologia do Blogger.