CRE-TEA promove programa de capacitação para profissionais de saúde com formato EAD

Foto: Divulgação

 O Centro de Referência Estadual para Pessoas com Transtorno do Espectro Autista (CRE-TEA) promoverá um programa de educação permanente, voltado para profissionais de saúde que atuam na Rede de Atenção à Saúde do estado da Bahia.

O curso será realizado na modalidade à distância, com encontros virtuais que serão realizados nas seguintes datas: 24 de março; 28 de abril; 26 de maio e 30 de junho, sempre das 14h30 às 16h30. Os interessados podem realizar a inscrição (gratuita) no link: https://bit.ly/EducaçãoPermanente_CRE-TEA.

O Programa terá como tema central a “Atenção integral à pessoa com Transtorno do Espectro Autista no Sistema Único de Saúde”.  Dividido em quatro módulos, o programa terá carga horária total de 24 horas. Será fornecido, aos participantes, certificado com carga horária.

O programa integra o objetivo principal do CRE-TEA de realizar o apoio matricial de profissionais, capacitando-os para que possam atuar nos municípios do interior do estado, sabendo lidar com pacientes com TEA em suas próprias localidades.

 “Hoje, o TEA é um dos transtornos psiquiátricos mais prevalentes. Sendo assim, profissionais de saúde que tenham uma expertise mínima nessa área é algo necessário. O apoio matricial é atualmente uma grande ferramenta para dar resolutividade e trabalhar o paciente no território, tudo o que preconiza o SUS”, afirma a coordenadora do Núcleo de Ensino e Pesquisa do CRE-TEA, Márcia Pinho.

Localizado em Salvador, o CRE-TEA é uma unidade da Secretaria de Saúde do Estado (Sesab), gerido pela Liga Álvaro Bahia Contra a Mortalidade Infantil – entidade mantenedora do Hospital Martagão Gesteira.

Anderson Sotero

Assessor de Imprensa

Liga Álvaro Bahia Contra a Mortalidade Infantil

71 988525935 / 30323770

Tecnologia do Blogger.