Após denuncia de ciclista, ambientalistas recolhem materiais eletrônicos descartados em local inapropriado em Serrinha

Lixo descartado na trilha da Santa - Foto: Salva!

 Um ciclista que preferiu não ser identificado, denunciou no último domingo (02), o descartes de materiais eletrônicos (roteadores), ao grupo 'Defensores do Meio Ambiente', esse por sua vez, acionou a Empresa Ambiental Salva!, que prontamente se deslocou ao local e fez a retirada do material.

O referente lixo estava em um local onde ciclistas pedalam e pessoas em geral fazem caminhada, nas proximidades da estátua da Santa, padroeira da cidade. 

Área verde, com diversas serras, plantas nativas, que deveria ser preservada, está sendo usada como local de descarte de diversos tipos de materiais que trazem doenças para a população e para o meio ambiente como garrafas, material eletrônico, ferro velho... 

Além de causar mau cheiro e atrair vetores de doenças, jogar lixo em terrenos baldios, em margens de estradas e rodovias é crime ambiental (lei 9.605/1998) estando sujeito à multa e/ou detenção.

Publicação na página da Salva! referente a esta matéria

Tecnologia do Blogger.