STF recebe pedido de afastamento de Bolsonaro por incapacidade

Foto: Marcos Corrêa/PR

 Um grupo de sete pessoas, entre elas o ex-ministro Renato Janine Ribeiro, o escritor Roberto Romano e o advogado Alberto Toron, protocolou uma ação no Supremo Tribunal Federal (STF) em que pede a Luiz Fux que afaste Jair Bolsonaro do cargo de presidente por “incapacidade civil.” A informação é da coluna de Lauro Jardim, do jornal O Globo.

No pedido, que tem 78 páginas, alega-se que Bolsonaro demonstrou “inaptidão para a gestão da saúde e de outras áreas necessárias ao enfrentamento da pandemia em curso de modo minimamente adequado e eficiente, nos termos do que prevê a Constituição”.

O grupo também pede que sejam produzidas provas periciais para avaliação da capacidade de Bolsonaro exercer o cargo. E sugerem que a perícia seja “realizada do modo mais exaustivo possível por equipe composta por especialistas com formação multidisciplinar, que indicarão, no laudo, especificadamente, se for o caso, os atos para os quais haverá necessidade de afastamento”.

Tecnologia do Blogger.