Edylene Ferreira se manifesta diante do aumento dos crimes contra Vereadores

Edylene Ferreira - Foto: Ascom

 A Presidente da União dos Vereadores da Bahia e do Fórum Nacional da Mulher Parlamentar, vereadora serrinhense de três mandatos que tem como bandeira o combate a violência contra mulher, se manifesta diante do aumento assustador do número de legisladores com a vida ceifada por crimes bárbaros.

A edil relata que nos últimos três anos os assassinatos e atentados a sua classe triplicaram, seguindo numa crescente preocupante, que exige em caráter de urgência uma intervenção da Secretária de Segurança Pública para mudança desse cenário. 

Beto Cicatriz, assassinado no domingo - Foto: Reprodução

“No último domingo (11) perdemos mais um amigo, Beto Cicatriz, vereador de Irará, baleado friamente na porta de casa, o que me deixa bastante angustiada enquanto mãe de três filhos, que sai de casa todos dias para rodar a Bahia em busca de dias melhores.” Edylene, desabafa emocionada. 

Diante da realidade preocupante, a vereadora serrinhense informa que estará encaminhando ofício para Secretária de Segurança Publica solicitando audiência o mais breve possível. 

As eleições para o pleito de 2022 se aproximam e as campanhas pré eleitorais funcionam como um gatilho para  aumentar o número de casos. Nós vereadores somos o maior exército da política brasileira e precisamos de mais segurança no exercício do nosso ofício diário. Conclui Edylene Ferreira.

Tecnologia do Blogger.