Médico e esposa são mortos a facadas pelo filho no Espírito Santo

Raquel Heringer e Paulo Oliveira Cesar - Foto: Reprodução/TV Gazeta

 O médico urologista Paulo Oliveira Cesar, de 68 anos, e a esposa Raquel Heringer Cesar, de 61, foram mortos a facadas dentro de casa, em Vila Velha, na Grande Vitória (ES), na madrugada de ontem (4). Segundo a polícia, os assassinatos foram cometidos pelo filho do casal, o estudante de medicina Guilherme Heringer Cesar, de 22 anos, que se matou em seguida.

A polícia ficou cerca de duas horas fazendo a perícia no apartamento. A mãe foi encontrada na cama e, de acordo com a investigação, levou as primeiras facadas enquanto dormia. Já o pai tentou correr para o banheiro, mas foi golpeado várias vezes e morreu.

Depois disso, ainda de acordo com a polícia, Guilherme ligou para um parente e confessou o crime. Ele deu um endereço e disse que estava a caminho do local para se matar.

Além de médico, Paulo era pastor de uma igreja de Vila Velha.

Ainda segundo a polícia, a faca utilizada no crime e um computador do estudante foram apreendidos. Os corpos do casal foram encaminhados para o Departamento Médico Legal (DML) de Vitória.

As informações são do G1.

Tecnologia do Blogger.