Oposicionistas cobram posicionamento de Rui Costa após Vilas-Boas chamar chef de restaurante de vagabunda

Foto: Reprodução / Metro1

 Deputados da oposição cobraram na noite desta segunda-feira (2) um posicionamento de Rui Costa (PT) às ofensas proferidas pelo secretário Fábio Vilas-Boas à chef do restaurante Preta, na Ilha dos Frades. Após encontrar o restaurante fechado no domingo (1º), o secretário ofendeu a chef e a chamou de "vagabunda". O caso foi publicado no Metro1 e ganhou enorme repercussão nas redes sociais.

O presidente do PDT da Bahia, deputado federal Félix Mendonça Júnior, utilizou as redes sociais para lamentar o episódio e cobrar respostas. "Minha irrestrita solidariedade à chef, que foi vítima de uma agressão imperdoável por parte de uma autoridade do governo do estado que deveria dar o exemplo de respeito à vida. Isso não pode ficar impune. O governador precisa se manifestar", escreveu em sua conta no Twitter. 

Já o deputado estadual Sandro Régis (DEM), líder da Oposição na Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA), também pediu um posicionamento sobre as agressões verbais do secretário e ainda um pronunciamento da Comissão dos Direitos da Mulher da ALBA. 

"Esse tipo de declaração não condiz com o posto que ocupa o médico Fábio Vilas-Boas. As agressões à empresária são graves e exigem um posicionamento do governo do estado. Não podemos admitir, em hipótese alguma, que integrantes do governo baiano tenham esse tipo de comportamento e saiam impunes", diz Régis.

Tecnologia do Blogger.