Bolsonaro vai cumprir isolamento no Palácio da Alvorada

Foto: Reprodução/PR

 O presidente Jair Bolsonaro vai cumprir a norma de quarentena determinada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) depois de desembarcar em Brasília na manhã desta quarta-feira (22). Inicialmente, o presidente fica em isolamento por cinco dias antes de fazer um exame para detectar a presença do vírus, no sexto.

Com isso, Bolsonaro deve ficar recluso no Palácio da Alvorada até segunda-feira. Um dia depois, na terça-feira, deve fazer o teste.

O líder do governo na Câmara, Ricardo Barros (PP-PR), anunciou, mais cedo, o cancelamento de uma viagem de Bolsonaro ao Paraná. “A justificativa para o cancelamento foi justamente essa: o presidente vai cumprir a orientação da Anvisa”, explicou. “Quanto à série de inaugurações nas 5 regiões prevista para iniciar no dia 29, a participação do presidente será discutida numa reunião hoje à tarde”, completou.

Ontem à noite, o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, recebeu o diagnóstico de Covid-19 e permaneceu em Nova Iorque, onde ocorre a Assembleia Geral da ONU. Queiroga fazia parte da comitiva brasileira, formada por outras autoridades, que esteve na abertura do evento.

Fonte: R7

Tecnologia do Blogger.