Bebê chora e pais o encontram enrolado por cobra coral no Paraná

Foto: Reprodução / Metrópoles 

 Os pais de um bebê em Maringá (PR) tomaram um susto ao se preparem para dar uma volta de carro. Enquanto se preparavam para sair, o filho foi agarrado por uma cobra coral — a criança estava acomodada na cadeirinha infantil.

A cobra teria ficado escondida no equipamento, e os pais só foram alertados ao ouvirem o filho chorar. Vizinhos ajudaram o casal, matando o animal.

Os pais não souberam dizer como o animal conseguiu entrar no automóvel.

"A gente acredita que foi aqui mesmo. Onde a gente mora tem um fundo de vale que é cheio de mata e essas coisas. A gente colocou o bebê conforto em cima da mesa na área de casa. Achamos que ela subiu por causa do cheiro do leite da neném ou algo assim. E sempre que vamos colocar ela no bebê conforto a gente olha, mas a cobra estava enrolada no cinto que prende o bebê conforto no carro", contou Jezica Santos, 30, mãe do bebê.

"Quando a gente colocou a neném no bebê conforto a cobra já estava lá enrolada. Ela começou a chorar e meu marido colocou o bebê conforto na perna dele. De longe eu vi algo brilhante mas não dei atenção. Mas meu marido mexeu no bebê conforto e eu vi a cabeça dela. Foi quando eu falei pro meu marido que tinha uma cobra no bebê conforto", lembra.

"Meu marido catou com tudo e jogou o bebê conforto e a cobra se enrolou de novo nele. A gente colocou ele na luz e a cobra pulou no meu marido. Ela começou a querer dar bote".

Com a ajuda de vizinhos, o homem conseguiu se desvencilhar do animal, que acabou morto. A cobra foi identificada como coral, uma das mais venenosas do país.

"Graças a Deus não aconteceu nada com a neném e nem com o meu marido porque ela caiu na perna dele e poderia ter picado ele. Ou poderia ter picado meu menino de 1 ano e 4 meses. Foi Deus mesmo que guardou todo mundo e não aconteceu nada", finalizou Jezica.

Tecnologia do Blogger.