Homem procura delegacia após ser removido de grupo de WhatsApp

Foto: Reprodução / TV Morena

 Um homem de 39 anos procurou a polícia após ser removido de um grupo de WhatsApp. O caso inusitado aconteceu na última quinta-feira (21) em Mato Grosso do Sul. De acordo com a polícia, o homem alegou que o motivo da remoção foi porque ele expôs suas opiniões. As informações são do G1.

Ainda segundo a polícia, o homem disse que trabalha como técnico em uma universidade pública e que é filiado do sindicato da categoria. A remoção teria acontecido após o rapaz não concordar com o posicionamento da presidente da classe, que o removeu do grupo de mensagens.

Um boletim de ocorrência foi feito e, conforme o documento, o homem pediu o registro de preservação de direito. Isso porque, de acordo com ele, o direito de permanecer no grupo oficial e ter acesso às informações da classe está sendo desrespeitado.

Tecnologia do Blogger.