MST pretende fazer uma ocupação por estado até o fim do ano

Foto: MST na Bahia

 O Movimento dos Trabalhadores Sem Terra (MST) decidiu retomar e impulsionar as ocupações a partir do mês de outubro. O movimento havia interrompido suas ações em razão da pandemia. Com o retorno, o MST já ocupou propriedades em São Paulo (município de Mirante do Paranapanema), Bahia (Ruy Barbosa) e Rio Grande do Norte (região do Seridó) neste mês.

A meta do movimento é de que haja pelo menos uma ocupação por estado até o fim do mês. Essa retomada contradiz o que o presidente Jair Bolsonaro disse recentemente em entrevista à Revista Veja. Bolsonaro havia afirmado que o MST havia entrado em ostracismo em seu governo, porque ele havia cortado dinheiro de ONGs que, supostamente, destinavam dinheiro ao movimento sem terra.

De 2019 até abril de 2021, foram apenas 14 ocupações, segundo dados levantados pelo governo federal. De 2016 a 2018, foram 111.

Tecnologia do Blogger.