Ministério da Saúde finaliza estudo que desobriga uso de máscaras de proteção

Foto: Reprodução / GOVSC

 O Ministério da Saúde prepara um estudo que vai viabilizar a desobrigação do uso de máscaras de proteção ao ar livre para todo o país. A previsão é finalizar o estudo até sexta-feira e anunciar as regras na próxima semana.

As diretrizes do órgão estão bem avançadas. O pedido para um parecer com a viabilidade da medida foi feito pelo presidente Jair Bolsonaro em junho deste ano.

Nesta quarta-feira (10), técnicos da pasta se reuniram para discutir o assunto. Para a liberação das máscaras vão ser considerados o percentual de vacinação, a taxa de transmissibilidade e a ocupação de leitos.

É previsto que as regras sejam mais rígidas do que as adotadas pelas cidades que já liberaram uso equipamento de proteção individual ou definiram uma data para que isso aconteça. A sugestão inicial é de que 90% da população esteja imunizada com a primeira dose e 70% com a segunda.

Tecnologia do Blogger.