Vereadora Edylene comunica licença sem remuneração da Câmara de Serrinha

Edylene discursando na Câmara  - Foto: Ascom / EF

 Durante toda a semana, o nome da Vereadora Edylene foi pautado nas ruas da cidade e nos meios de comunicação, a respeito do seu possível afastamento da Câmara de Serrinha.

Na manhã desta quinta-feira (11), a vereadora comunicou oficialmente, ao vivo na Rádio Continental, e durante a sessão da Câmara fez um discurso forte, mencionando toda sua luta no Legislativo Municipal.

"São 40 anos de representação da minha família nesta casa, estou no meu terceiro mandato e tenho orgulho da história construída! Primeira mulher eleita para a presidência; a mulher mais votada da história da nossa cidade; a retirada do vidro que separava o povo dos vereadores; criação da sala de imprensa; centenas de projetos e indicações escritos e apresentados ouvindo a população..enfim, a câmara de Serrinha passará a contar com 18 vereadores, pois mesmo afastada e sem remuneração, não deixarei de participar e sugerir melhorias para a nossa cidade." Destacou Edylene.

Em cumprimento da Lei, quem assume a sua vaga na Câmara é a primeira suplente do seu atual partido (PSD), Maria Jaqueline Souza, que obteve 623 votos nas eleições de 2020.

Edylene, que recentemente realizou um procedimento cirúrgico e está em recuperação, justifica o seu afastamento para se preparar para sua pré-campanha a Deputada Estadual. Nas últimas eleições conquistou quase 22 mil votos espalhados por toda Bahia, ficando como suplente de Deputado Estadual.

Tecnologia do Blogger.