Serrinha confirma 20 casos da Influenza H3N2

Foto: Reprodução / Govbr

 O número de casos de infecções pelo vírus da Influenza vem crescendo e gerando surtos regionais pelo país, impulsionada pela introdução do vírus subtipo A (H3N2)

O vírus H3N2 é uma variante do vírus Influenza A, que é um dos principais responsáveis pela gripe comum, sendo transmitido por meio de gotículas liberadas no ar quando a pessoa gripada fala, tosse ou espirra. Os sintomas são: febre, inflamação na garganta, vômitos, tosse, mal estar, diarreia e/ou perda de apetite.

O vírus da Influenza, assim como o da COVID-19, por ser respiratório, possui a mesma forma de prevenção: uso de máscaras, distanciamento entre as pessoas, higienização das mãos, além dos demais cuidados.

O período de maior risco de contágio é quando há sintomas, portanto, pacientes sintomáticos devem se manter em isolamento domiciliar, e saírem de casa apenas para procurar atendimento médico, sempre fazendo o uso das máscaras.

Serrinha possui 20 casos positivos para a Influenza A (H3N2) confirmados por meio dos RT-PCR, realizados no laboratório Lacen, até o dia 4 de janeiro.

No momento, o município não dispõe de vacina contra a Influenza. A mesma já foi solicitada ao Estado, que aguarda o envio pelo Ministério da Saúde, uma vez que a vacina esteve disponível no período da campanha e já teve todo seu quantitativo utilizado.

Foto: Divulgação / PMS

Tecnologia do Blogger.