Remédios terão reajuste de 10,89%, diz Sindusfarma

Foto: Reprodução/G1

Com reajuste de 10,98%, os preços dos medicamentos vão aumentar. As informações são do Sindusfarma (Sindicato da Indústria de Produtos Farmacêuticos).

O índice leva em conta a inflação e o fator Y, divulgado nesta terça-feira (29) pela Câmara de Regulação do Mercado de Medicamentos (CMED), que calcula os custos de produção não captados pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), como variação cambial, tarifas de eletricidade e variação de preços de insumos.

O governo federal ainda precisa autorizar o reajuste, mas o Sindusfarma destaca que, pela lei, a recomposição anual de preços poderá ser aplicada a partir desta quinta-feira (31), “em cerca de 13 mil apresentações de medicamentos disponíveis no mercado varejista brasileiro”.

No ano passado, o reajuste autorizado foi de até 10,08% para os medicamentos, ante uma inflação de 4,52% no ano anterior.

Tecnologia do Blogger.