Suspeito de matar ex-mulher por causa de uma geladeira está em coma em Ilhéus; homem foi agredido por vizinhos

Foto: Polícia Militar da Bahia

 O homem suspeito de matar a ex-companheira e atirar na atual esposa na cidade de Ilhéus, no sul da Bahia, está hospitalizado em coma. Ele foi internado em uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI) após ser agredido por vizinhos no distrito de Banco do Pedro, no sábado (26), logo após os crimes.

De acordo com Hélder Carvalhal, delegado responsável pelo caso, o homicídio e a tentativa de homicídio aconteceram após um desentendimento envolvendo uma geladeira.

A atual esposa do suspeito, de 29 anos, foi ferida na região da nuca. Ela foi socorrida para o Hospital Regional Costa do Cacau, em Ilhéus, e aguarda a avaliação de um neurologista para saber se há risco de ficar paraplégica.

O suspeito, que não teve o nome divulgado, também baleou a ex-esposa. Edilena de Jesus Dantas, de 40 anos, foi socorrida pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), mas não resistiu.

Após balear as duas mulheres, o homem foi contido por vizinhos da ex-companheira, que o agrediram fisicamente. Ele foi autuado em flagrante por homicídio qualificado e tentativa de homicídio e levado para o hospital.

O crime deve ser apurado pela Delegacia Especial de Atendimento à Mulher (DEAM).

Tecnologia do Blogger.