Morre a segunda vítima baleada por policial militar de folga em Conceição do Coité

Foto: Arquivo Pessoal

 O homem de 55 anos que foi baleado pelo policial militar Edilson da Silva Batista na madrugada de quinta-feira (14) em Conceição do Coité, morreu na manhã de domingo (17). O Hospital Geral Cleriston Andrade, onde ele estava internado, confirmou o óbito por volta das 11h.

O caso ocorreu na Rua João Andrade, no bairro Sonho Meu. O frentista Mauricio Alves da Silva, de 35 anos, também foi baleado, mas morreu no local antes de ser socorrido.

De acordo a Polícia Civil, as investigações indicam que todos estavam em um bar localizado na Praça da Bíblia, quando resolveram ir embora. Mauricio então deu carona para o policial, que estava de folga e apresentava sinais de embriaguez.

Segundo relatos, assim que Mauricio parou o carro em frente à casa do PM, ele sacou a arma e começou a atirar contra as vítimas. O policial militar foi encaminhado para custódia no Comando da Polícia Militar e está à disposição da Justiça.
Tecnologia do Blogger.