Perigo à espreita: Número de acidentes com escorpiões sobe em 2022 na Bahia

Foto: Google

 Quando se fala em animais peçonhentos, já bate aquele ‘frio na espinha’ em muita gente. Afinal de contas, as pessoas normalmente ficam com medo ao deparar com eles, e se assustam por conta da aparência. Para os baianos, o início de 2022 vem sendo um filme de terror quando se fala em escorpiões.

No primeiro trimestre do ano, a Secretária de Saúde da Bahia registrou 3.826 casos. Sendo 1.704 no mês de janeiro, 1.270 em fevereiro e 852 em março. Um dado que chama a atenção é que todos os municípios da Bahia registraram pelo menos 1 caso neste ano.

Os números ficam ainda mais preocupantes quando comparados com outros anos. Em 2019 foram registrados 2.538 acidentes com os escorpiões durante todo o ano. Já em 2020 esse número foi de 1.773 nos 12 meses. O que representa um aumento de 33% e 53% respectivamente considerando os casos já anotados neste ano.

Deu azar e encontrou com um escorpião? Procure evitar contato direto com o animal para que não ocorra acidente. No caso de ocorrência frequente de escorpiões, comunicar ao Centro de Controle de Zoonoses. É importante identificar a origem deles (terreno baldio, quintal, área vizinha) e procurar eliminar os fatores que favorecem o seu aparecimento (como acúmulo de lixo e de resto de material de construção, pilhas de madeira e caixa de esgoto aberta), eliminando-os.

Em caso de acidente, é necessário lavar o local da picada com bastante água e sabão, colocar a vítima em repouso e levá-la, imediatamente, para a unidade de saúde mais próxima. 

Para evitar o aparecimento dos escorpiões é recomendado:

- Conservar sempre limpa a área interna e ao redor das residências, evitando o acúmulo de lixo, entulhos e outros materiais;

- Manter os ralos internos fechados ou colocar telas;

- Vedar as frestas nos muros, paredes e pisos;

- Manter fechadas as caixas de esgoto e gordura.

- Preservar os predadores naturais do escorpião como: sapos, corujas, gaviões, lagartixas e entre outros.

Tecnologia do Blogger.