Vídeo mostra desespero de passageiros em estação de trem atacada na Ucrânia

Policial ucraniano observa corpos cobertos após ataque russo a estação de trem em Kramatorsk, usada como rota de evacuação para civis — Foto: FADEL SENNA / AFP

Um vídeo divulgado pela agência Reuters mostra o momento que a estação de trem de Kramatorsk, em Donetsk, Ucrânia, foi atacada na sexta-feira (8).

Ao menos 50 pessoas, cinco delas crianças, morreram e 98 ficaram feridas. O governo ucraniano acusa a Rússia de ter realizado deliberadamente o ataque, o que Moscou nega.

Nas imagens, é possível ver o momento que um grupo de pessoas, na frente da estação, se assusta ao escutar o barulho de um míssil. Em seguida, um carro começou a pegar fogo (veja abaixo).

Houve correria e gritos de desespero, na sequência. A maioria das pessoas que estavam na estação se enfileirou para tentar entrar em trens e deixar a região.

Ainda no vídeo, é possível ver que diversas marcas de sangue ficaram espalhadas pelo chão da estação.

Ataque

Segundo a companhia que administra a malha ferroviária da Ucrânia, dois mísseis atingiram a estação de Kramatorsk de manhã.

De acordo com o governador da região, Pavlo Kyrylenko, 4 mil pessoas estavam no local no momento do ataque.

Um míssil tinha a frase "por nossos filhos" escrita em russo na carcaça. A frase За детей seria usada por separatistas pró-Rússia como forma de vingar as mortes na guerra de 2014, segundo reportagem da agência francesa AFP.

Há três dias, a Ucrânia pede que moradores das cidades do leste da Ucrânia deixem às pressas a região, onde, segundo Kiev, Moscou prepara fortes ataques.

Kyrylenko afirma que os ataques foram feitos por artilharia russa. O Kremlin e o Ministério da Defesa da Rússia negaram que as forças russas sejam responsáveis pelo ataque.

O porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskov, afirmou que as tropas não tinham missões previstas para a região nesta sexta-feira (8).

Assista:

Tecnologia do Blogger.