Atriz Claudia Jimenez morre aos 63 anos no no Rio de Janeiro

Foto: Globo/Estevam Avellar

 A atriz Claudia Jimenez morreu na manhã deste sábado (20), aos 63 anos, em um hospital no Rio de Janeiro. A artista descobriu, em 1986, um tumor maligno no mediastino, região que fica atrás do coração. Mesmo após curar-se da doença, ela teve que fazer mais três cirurgias pelos danos causados pela radioterapia nos tecidos do coração.

Claudia começou a sua carreira no teatro em 1978, como a prostituta Mimi Bibelô, na peça "Opera do Malandro", de Chico Buarque. Nos anos 80, integrou o elenco da TV Globo como humorista. Na emissora, ela interpretou famosos personagens, como Pureza, mulher de Apolo: "Ainda morro disso!", em "Chico City"; Dona Cacilda, uma das alunas da "Escolinha do Professor Raimundo": "Beijinho, beijinho, pau, pau".

Além disso, deu vida à empregada doméstica Edileuza, do humorístico "Sai de Baixo" (Globo) -- na qual relatou ter sofrido com a gordofobia presente no programa. Em 2016, atuou na sua última novela como Lucrécia, em "Haja Coração". Dois anos depois, participou do quadro "Infratores" no Fantástico -- seu último trabalho na TV.

Tecnologia do Blogger.