"Carta pela democracia" - OPINIÃO

Foto montagem: Reprodução/G1

Hoje eu ouvi dizer que houve um ato de manifestação em favor da democracia no Brasil. Acho que foi algo assim e pelo que li brevemente, parece que foi na USP.

Sinceramente, não sei maiores detalhes porque não vejo televisão há uns cinco anos e já cortei mais da metade das mídias sociais que não agregam informação para a minha vida.

Mas fiquei pensando sobre o que é democracia e as razões para tal ato...

Democracia é o governo do povo, que escolhe seus representantes conforme o desejo de sua maioria. Simples assim.

Então, haveremos de concordar, que em uma democracia a vontade da maioria tem um peso maior do que a vontade da minoria.

Nossa, que conclusão lógica!!!

Porém, no Brasil, a minoria não respeita a maioria em plena democracia, com eleições livres.

E é exatamente neste ponto que quero chegar.

Não li a tal Carta à Democracia para não me contaminar com narrativas e ideologias. Procuro pautar meus pensamentos filosóficos pela razão e lógica do dia-a-dia.

De tal sorte, percebi quem eram os manifestantes da tal carta...

Artistas, políticos, militantes de esquerda e a grande maioria da imprensa, que fez do fato uma cobertura sensacionalista.

Se estivéssemos com a democracia à perigo, nem mesmo eles poderiam se expressar, pois estariam censurados.

Lá estava também um tal de Casagrande que fez parte da Democracia Corintiana dos anos 1980, defendendo Diretas Já, um movimento que lutava por algo já decidido (voto direto para Presidente após a Constituição que seria promulgada em 1988).

Também observei presentes estudantes de universidades federais, com camisas vermelhas com a foto de Che Guevara. Não vou perder meu tempo aqui lembrando quem foi Che, apenas digo para os estudantes esquerdistas o que eles costumam dizer quando perdem um debate por falta de argumentos: “estudem!”.

Nesta mesma manifestação estavam todos aqueles que foram contra a Constituição de 1988, contra o Plano Real de 1994, a Lei de Responsabilidade Fiscal de 2000 e tantas outros importantes marcos em favor da democracia brasileira.

Além disso, os hipócritas de hoje recentemente foram contrários à redução de impostos sobre os combustíveis.

Ca-na-lhas!!! Mil vezes ca-na-lhas!!!

E agora o candidato desta minoria ainda quer voltar ao poder com a ameaça de controlar as mídias sociais e o que sobrou da imprensa que não se vendeu.

Corrupção e “doação” de dinheiro do povo para ditaduras é democracia?
Duvido! Com a democracia destes, o Brasil estaria com a economia decolando agora, em 2022?

Talvez, com eles, estivéssemos saindo do lockdown só agora, para enfim, trabalharmos e lutarmos pelo pão nosso de cada dia.

Para a tristeza deles, o povo brasileiro, em sua maioria, acordou!

Nós somos a maioria e ainda estamos em uma democracia, apesar de vocês e suas narrativas hipócritas.

E aqui vai meu recado final para vocês: em outubro, respeitem a decisão da maioria, afinal, estamos em um de-mo-cra-cia.
Tecnologia do Blogger.