Confira as ocorrências policiais divulgadas hoje (15) na área de atuação do 16ºBPM

 As ocorrências foram registradas em Serrinha, Santaluz e Santanópolis.

Sede do  16° BPM em Serrinha - Foto: Arquivo/PAP

 Polícia Militar do 16º BPM, divulgou nesta quinta-feira, 15 de setembro de 2022, as últimas ocorrências policiais registradas em sua área de atuação que abrange 14 municípios. Confira!

Serrinha - Violação de domicílio 

Por volta das 15h32 de ontem (14), após solicitação pelo CICOM, a guarnição foi averiguar uma situação de violação  domiciliar. Chegando ao local, em contato com a solicitante e ao adentrar no imóvel, situado na rua E Caminho 13 Casa 12, URBIS I, foi localizado um homem e sua parceira sem algumas vestes. Eles estariam dentro do domicílio praticando atos sexuais. Os envolvidos foram conduzidos para a Delegacia de Polícia, para adoção das medidas cabíveis. 

Santaluz - Acidente de veículo com vítima 

Por volta das 17h50 de ontem (14), a guarnição foi informada sobre um acidente ocorrido próximo ao açude Tapera. No local, foi encontrado o condutor da motocicleta, caído na via, com hemorragia na cabeça. Foi acionado o SAMU, que realizou o atendimento. A equipe foi informada, ainda, que o acidente envolveu uma bicicleta e que o ciclista já havia sido levado por terceiros ao Hospital. Após liberar a via, a guarnição foi até o Hospital Municipal e constatou que o ciclista estava em atendimento médico. Os envolvidos  permaneceram hospitalizados e seus veículos foram apresentados na Delegacia  local, para adoção das medidas cabíveis.

Santanópolis - Tentativa de roubo

Por volta das 23h30 de ontem (14), a guarnição foi acionada, via telefone, pois na localidade de Lagoa Escura havia um caminhão abandonado e uma pessoa amarrada, dentro do veículo. A equipe se deslocou e confirmou  a veracidade das informações. Encontrou um homem, que informou que parou para lanchar no estacionamento de um estabelecimento e foi surpreendido por dois homens, estando um deles  armado de revólver, e anunciaram o assalto, com o objetivo de roubar a carga, mas o veículo estava sem carga. Os suspeitos tentaram realizar, então, transferência bancária, via Pix, contudo não conseguiram. Ao chegarem naquela localidade, depararam-se com um veículo, os quais os acusados acharam que seria uma  viatura da Polícia Militar. Dessa forma, abandonaram o caminhão e a vítima, a qual estava amarrada com algemas plásticas e com um capuz na cabeça. Os suspeitos só conseguiram subtrair a quantia de R$ 20,00 e um telefone celular. Os acusados tinham um carro de apoio, que, segundo a vítima, era um C3, cor branca, sem maiores informações. A vítima foi orientada a prestar queixa na Delegacia local.

Fonte: Ascom do 16° BPM

Tecnologia do Blogger.