Em motociata no PE, Bolsonaro afirma vai vencer que em 1º turno

 "Vamos mostrar que nós não queremos a volta dos escândalos que tínhamos há pouco, no passado", declara o presidente Jair Bolsonaro.

Foto: Arquivo/Marcos Corrêa/PR

O presidente Jair Bolsonaro (PL) realizou mais uma motociata neste sábado (17), ao fazer campanha em cidades de Pernambuco. O atual chefe do executivo encerrou o dia com um discurso no qual afirmou que vai vencer a eleição presidencial no primeiro turno.

Ao chegar ao palanque montado para o discurso, em Caruaru, o presidente disse que será reeleito no primeiro turno na eleição deste ano, ao contrário do que mostram as pesquisas de intenção de voto.

"E um detalhe, para presidente da República nós vamos ganhar no primeiro turno. Vamos mostrar que nós não queremos a volta dos escândalos que tínhamos há pouco, no passado", disse Bolsonaro, logo após pedir votos para candidatos pernambucanos.

Gasolina e Auxílio Brasil

Ao falar de seus feitos e das promessas, num discurso de quase nove minutos, Bolsonaro falou que o preço da gasolina caiu e que vai investir recursos no Brasil, "não em Cuba ou na Venezuela".

O presidente prometeu ainda manter o Auxílio Brasil "lá em cima" num eventual segundo governo. A afirmação foi feita no momento em que o presidente falava dos gastos do governo com a pandemia da Covid-19.

"Nós gastamos em 2020 o equivalente a 15 anos de Bolsa Família. Por falar em Bolsa Família, nós atendemos aos mais necessitados. Lá atrás, o Bolsa Família começava pagando R$ 80 por mês para a família e se a família, o chefe, arranjasse emprego, ele perdia o Bolsa Família. No nosso governo, nós acabamos com o Bolsa Família e criamos o Auxílio Brasil, e o valor passou a ser no mínimo R$ 600. E mais, você pode arranjar emprego que você não vai perder o Auxílio Brasil".

Tecnologia do Blogger.