"Não queremos as Forças Armadas se metendo nas eleições", diz Lula

 O petista ainda destacou que a função das Forças Armadas “é cuidar da soberania nacional contra inimigos externos e proteger as fronteiras do país”.

 Foto: Fábio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

Em comício realizado no último sábado (17), o ex-presidente Lula (PT) reforçou que as Forças Armadas não devem se meter nas eleições, uma vez que a fiscalização de urnas é de responsabilidade da Justiça Eleitoral.

“Não queremos as Forças Armadas se metendo nas eleições. As Forças Armadas brasileiras vão voltar a ter um papel nobre, que está definido na nossa Constituição. As Forças Armadas não tinham que estar preocupadas em fiscalizar urna. Quem tem obrigação de fiscalizar é a Justiça Eleitoral”, disse durante evento no Paraná.

O petista ainda destacou que a função das Forças Armadas “é cuidar da soberania nacional contra inimigos externos e proteger as fronteiras do país”.  

Tecnologia do Blogger.