Padrasto que espancou e quebrou costelas de menino é morto em SP

 Menino de quatro anos foi agredido em São Vicente, no litoral de São Paulo, no fim de setembro. Casal sumiu após o episódio. Polícia acredita que homem tenha sido assassinado.

Foto: Reprodução 

As autoridades encontraram nesta quarta-feira (5) o corpo do homem que espancou e quebrou as costelas do enteado, de 4 anos, em São Vicente, no litoral de São Paulo [relembre aqui]Ele apresentava marcas de tiros no tórax, no olho direito e nas mãos, o que indica que foi assassinado. A mãe da criança, que também participou das agressões, está foragida. 

O menino foi agredido no fim de setembro e teve oito costelas e um braço fraturados. O menino está internado na enfermaria. Ele estava na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) até essa terça-feira (4).

Ele estava usando um casaco cinza, uma blusa preta e uma bermuda estampada azul. A polícia identificou o homem apenas como Julian.

A morte é investigada pela Delegacia de Investigações Gerais de Praia Grande.

Tecnologia do Blogger.