ACM Neto critica aumento do ICMS e reajuste salarial do governador; veja vídeo

 Ex-prefeito de Salvador usou as redes sociais para se manifestar após reajuste do imposto.

Foto: Valter Pontes/Secom/PMS 

Segundo colocado na disputa pelo governo da Bahia em outubro, o ex-prefeito de Salvador, ACM Neto (União Brasil), usou as redes sociais, na sexta-feira (23), para criticar o aumento de 1% da alíquota do Imposto sobre Operações relativas à Circulação de Mercadorias (ICMS). 

Neto afirmou que o governdor eleito da Bahia, Jerônimo Rodrigues (PT), havia prometido que não haveria aumento do imposto. O ex-prefeito da capital baiana ainda destacou a alta do desemprego no estado como um fator que poderia 'barrar' a decisão.

"O aumento da alíquot do ICMS vai fazer com que voces, todos nós, baianos, paguemos mais caro por vários produtos em nosso estado. Eu lembro que na campanha eles disseram que não fariam isso", começou Neto, que ainda criticou o reajuste salarial e a reforma administrativa. 

"Também temos a decisão de aumento em quase 50% no salário do governador e a criação de mais de 200 cargos para a próxima gestão. Não é isso que os baianos esperam", completou. 

Assista:

Tecnologia do Blogger.