Adolescente que planejava massacre em escolas é apreendido no DF

 O adolescente foi levado para a Delegacia da Criança e do Adolescente (DCA), onde permanece à disposição da Justiça.

Foto: Divulgação/PCDF

A Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) apreendeu um adolescente de 16 anos que realizou postagens nas redes sociais com ameaças de um massacre a escolas públicas de Brasília. O suspeito foi detido em flagrante, na própria casa, na região de Sobradinho. Ele foi levado para a Delegacia da Criança e do Adolescente (DCA), onde permanece à disposição da Justiça.

De acordo com o delegado responsável pela investigação do caso, Hudson Maldonado, as postagens foram denunciadas por pais de alunos, estudantes e professores. "As mensagens começaram a chegar no telefone da delegacia. Gerou um pânico considerável na cidade, além da divulgação de algumas páginas da rede social que replicaram as postagens do infrator", explicou o delegado.

O jovem foi apreendido na última terça-feira (29). Ele é estudante de um dos colégios que ameaçou e ex-aluno do outro, ambos em Sobradinho. Em suas redes sociais, o adolescente escreveu que "não ia sobrar um pra contar a história" e disse que queria vingança. “Não tenho medo de nada, não tenho amor nem nos meus próprios pais", escreveu em uma das publicações.

Em depoimento à polícia, ele alegou que as postagem faziam parte de uma brincadeira e que não pretendia executar o plano. A Secretaria de Educação do Distrito Federal (SEDF) informou que a polícia estava monitorando perfis em redes sociais e identificou ameaças. A pasta, no entanto, não deu mais detalhes sobre o ocorrido.

Tecnologia do Blogger.