Crocodilo engole criança de 8 anos na frente dos pais na Costa Rica

 Restos de um menino morto por um crocodilo enquanto seus pais assistiam horrorizados foram encontrados no estômago do animal.

Foto: Mistérios do Mundo/Reprodução

Julio Otero Fernández, de 8 anos, foi arrastado para as profundezas do rio Matina em Limón, na Costa Rica, na frente de sua família chocada enquanto remava na água.

O casal, seus cinco filhos e os tios das crianças estavam visitando a área em uma viagem de pesca quando a tragédia aconteceu em 30 de outubro.

Agora, cabelos e ossos pertencentes à criança foram descobertos.

Um parente disse que viu o grande crocodilo arrancar a cabeça do menino antes de arrastar seus restos para a água.

O pequeno Julio estava brincando no rio com a água até os joelhos quando o enorme réptil o atacou. Seus pais, Don Julio Otero e Margini Fernández Flores, assistiram horrorizados enquanto seu filho era arrastado para fora de vista – para nunca mais ser visto.

O pai da vítima disse: “A coisa mais difícil para minha esposa foi ver o crocodilo flutuar com o corpo do meu filho”.

Uma testemunha ocular não identificada disse: “Ele sacudiu (a criança) e arrancou sua cabecinha. Então ele o agarrou novamente e o arrastou para baixo.”

Os pais de Julio se mudaram da Nicarágua para a costa caribenha da Costa Rica há quatro anos para trabalhar em uma plantação de banana.

O casal prometeu voltar para a Nicarágua para garantir que seus outros quatro filhos, com idades entre 16 e três anos, estejam a salvo dos crocodilos.

A mãe do menino disse: “É impossível continuar morando em Matina porque encontramos algo que nos lembra Julito em cada canto. Isso nos causa muita dor.”

Ela acrescentou: “Não vou ficar aqui porque eles protegem esses animais e eles são capazes de sair do rio para atacar mais pessoas. A verdade é que é assustador que algo assim aconteça novamente.”

Em 26 de novembro, um caçador rastreou o suposto predador e o matou a tiros antes de fugir do local, pois é ilegal matar crocodilos na Costa Rica.

Depois que o misterioso caçador matou o réptil, os moradores locais encontraram o corpo do crocodilo e o abriram. Segundo relatos, moradores encontraram cabelos e ossos humanos no estômago do crocodilo que se acredita pertencerem ao pequeno Julio.

A mãe da vítima confirmou que dentro do animal foram encontrados cabelos e dois ossos. Ela disse: “O crocodilo foi morto, não sei quem fez isso, mas eles o mataram e encontraram parte do corpo do meu filho. Eles encontraram pequenos cabelos e ossos. O animal está morto, para mim é um grande alívio que o tenham matado. Eu gostaria que eles matassem todos eles, para que nenhuma família tivesse que passar por uma dor como essa novamente.”

Os restos humanos foram repassados às autoridades locais para realizar testes de DNA. Os resultados ainda não foram anunciados enquanto a investigação continua.

Fonte: Mistérios do Mundo

Tecnologia do Blogger.