Câmara recebe segundo pedido de impeachment contra Lula

 Presidente acusou o Congresso, com aval do STF, de dar um golpe de Estado contra Dilma.

Foto: Google/Imagens

O deputado Evair de Melo (PP-ES) protocolou o segundo pedido de impeachment contra o presidente Luiz Inácio Lula da Silva por crime de responsabilidade. O petista disse no exterior que o Congresso Nacional promoveu “um golpe de Estado” contra a ex-presidente Dilma Rousseff em 2016. O rito constitucional teve o aval do Supremo Tribunal Federal (STF) na época. O parlamentar afirma que Lula atacou os Poderes Legislativo e Judiciário.

Na semana passada, o o deputado federal Ubiratan Sanderson (PL-RS) também protocolou ação com a mesma justificativa.

Lula ataca, de forma raivosa, abjeta e contrária à verdade, a democracia brasileira, o Congresso Nacional e o Supremo Tribunal Federal. Trata-se de um discurso absolutamente mentiroso, falso em toda a sua extensão, que não pode ser aceito por este Parlamento”, disse Melo.
Tecnologia do Blogger.