Moro se manifesta e aponta fato assustador porém ‘esquecido’ na posse de Lula

 Ex-juiz se manifestou nas redes sociais logo após a posse do atual presidente.

Foto montagem: AP

Não quero atrapalhar a festa, mas, em algum momento, vocês ouviram Lula falar em combater a corrupção nos seus discursos de ontem?


Com essa observação sucinta, mas essencial, nas redes sociais, Sérgio Moro, e ex-ministro da justiça de Jair Bolsonaro, chamou a atenção para um fato realmente relevante.

E, de fato, ao analisar os dois discursos de posse do ex-presidiário à presidência da República (tanto no Congresso Nacional, quanto no Palácio do Planalto), a frase ‘combate à corrupção’ não foi dita uma vez sequer. Moro, responsável pelo julgamento em primeira instância dos processo originados da Operação Lava Jato e que levaram à condenação e prisão de Lula e dezenas de empresários e políticos, acabou sendo vítima da grave perseguição do ‘ativismo judicial’, logo após as decisões do STF que acabaram livrando Lula da cadeia e das acusações. Para piorar sua situação, também se desentendeu com Bolsonaro e saiu pela porta dos fundos.

Arrependido, voltou atrás, apoiou Bolsonaro nas últimas eleições e acabou escolhido para assumir uma cadeira no senado federal, pelo Paraná, a partir da próxima legislatura. Terá pela frente uma dura batalha, tanto no combate à corrupção quanto no confronto direto no próprio Supremo, denunciando e buscando impedir os muitos ‘atos inconstitucionais’. Já o governo de Lula, esse começa fingindo que nada aconteceu no passado. Basta ver a composição de seus ministérios, com vários dos indicados envolvidos em escândalos de desvios e corrupção.

Uma situação surreal e inaceitável!

Tecnologia do Blogger.